PÁGINA INICIAL
  Bate-Papo
  Jogos Online
  NOTÍCIAS DE CAPA
  O MUNDO
  BRASIL
  POLÍTICA
  CRESCIMENTO PESSOAL
  MEIO AMBIENTE
  BONS NEGÓCIOS
  CIDADE
  NOSSA GENTE
  CULTURA
  FOTOS DE SERRA TALHADA
  ESTUDANTES NA REDE
  CÂMARA DOS DEPUTADOS
  TRADUTOR DE LÍNGUAS
  LISTA TELEFÔNICA
  FALE CONOSCO
  LOGIN
  WEBMAIL
          SITES ÚTEIS
Genealogia Pernambucana
Site Política para Políticos
Site Gramsci
Jornal do Comércio
Concursos Públicos
Site Jurídico.com
Site Jornal Digital
Site Correio da Cidadania
Site Carta Capital
Site Caros Amigos
Site Futbrasil.com
História de Serra Talhada
Site da IstoÉ
Site Veja Online
Site O Dia
Estatística do site
Casa da Cultura Serra Talhada
Busca de CEP
Trabalhos Escolares
Rádio Cultura FM
Rádio Lider do Vale FM
Rádio Vilabela FM
Rádio Serra Talhada FM
Rádio Nova Gospel
Rádio A Voz do Sertão
Sofrimento das vítimas das chuvas no Nordeste

Por: Deputado INOCÊNCIO OLIVEIRA
O custo de recuperação previsto supera R$ 53 milhões
O SR. INOCÊNCIO OLIVEIRA (PFL/PE pronuncia o seguinte discurso.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados: em cada notícia publicada pelos grandes jornais de circulação fica patente a necessidade de se agir rápido para superar o sofrimento das vítimas das chuvas e reparar os estragos que a enxurrada causou em 405 cidades do Sudoeste e Nordeste do nosso Brasil, naqueles quase dois meses que sucumbiram à tromba d’água no início deste ano.
Os números da tragédia foram assustadores, e confirmados pelo Ministro da Integração Nacional em fevereiro último com a afirmação de “que não houve alagamento pior no País desde 1910”. Em Pernambuco, nos 84 municípios mais atingidos pelas chuvas, os quase 20 mil desabrigados aguardam providências do Poder Público para reconstruir suas vidas. No sábado, dia 28 de fevereiro passado, o “Diário de Pernambuco” divulgou o balanço dos estragos elaborado pelo Governo do Estado e INMET, que apresento como demonstração de relevância social que põe em xeque políticas municipal, estadual e federal na busca de soluções emergente e duradoura.
O balanço contabiliza os seguintes prejuízos da chuva no estado de Pernambuco: 507 quilômetros de estradas federais, estaduais e municipais destruídas; 42 obras de arte (ponte e passagens) danificadas; 149.250 metros quadrados de vias urbanas destruídas; 6.572.000 metros cúbicos de mananciais atingidos; 14 grandes sistemas da COMPESA danificados; e 24.088 metros de rede coletora comprometidos.
O custo de recuperação previsto supera R$ 53 milhões, assim identificados: R$ 18.708 milhões para recuperar casas; R$ 2.063 milhões para reconstruir hospitais e postos de saúde; R$ 5.020 milhões para recuperar escolas; R$ 17.382 milhões para restaurar estradas e obras; R$ 3.731 milhões para pavimento de vias urbanas; e R$ 6.408 milhões para restaurar barragens, adutoras e estações de tratamento.
Este balanço já havia sido entregue pelo Governador Jarbas Vasconcelos a todos os integrantes da Bancada Federal de Pernambuco e enviado, também, aos Ministros da Integração Nacional e dos Transportes.
O estado de calamidade pública provocado pelas enchentes foi reconhecido pelo Governo do Estado de Pernambuco em mais de 11 Municípios e o estado de emergência em 59 Municípios, sendo que os Municípios de Petrolina, Floresta, Caruaru e Cabrobó encontram-se em situação mais crítica, registrando respectivamente: 184 casas destruídas e 602 danificadas, cuja recuperação está orçada em R$ 12 milhões; 1,8 mil casas atingidas, orçada em R$ 20 milhões; 500 casas inundadas, orçada em R$ 4 milhões; e 250 casas danificadas, orçada em R$ 6,3 milhões.
Hoje, dando ciência desses dados aos nobres pares, e considerando a grande dificuldade dos municípios atingidos pelas enchentes para a sua reconstrução, ratifico meu apelo para a recriação da SUDENE, que o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva prometeu, enfaticamente, na sua campanha à Presidência da República, e que ainda não saiu do papel e nesta hora poderia dar uma importante contribuição para minimizar os problemas de mais esta calamidade que se abateu sobre a região e sobretudo para a agilização dos trâmites de liberação dos recursos destinados à reconstrução da infra-estrutura destruída pelas enchentes.
Muito obrigado!
Sala das Sessões, em 03 de março de 2004.

Deputado INOCÊNCIO OLIVEIRA
© Copyright  Mário Olímpio 2003-2014
INDEXBrasil - Serviços de Internet.
Todos os direitos reservados, permitida a cópia de
conteúdos, desde que divulgada a fonte.
e-mail:redacao@serratalhada.net