PÁGINA INICIAL
  Bate-Papo
  Jogos Online
  NOTÍCIAS DE CAPA
  O MUNDO
  BRASIL
  POLÍTICA
  CRESCIMENTO PESSOAL
  MEIO AMBIENTE
  BONS NEGÓCIOS
  CIDADE
  NOSSA GENTE
  CULTURA
  FOTOS DE SERRA TALHADA
  ESTUDANTES NA REDE
  CÂMARA DOS DEPUTADOS
  TRADUTOR DE LÍNGUAS
  LISTA TELEFÔNICA
  FALE CONOSCO
  LOGIN
  WEBMAIL
          SITES ÚTEIS
Genealogia Pernambucana
Site Política para Políticos
Site Gramsci
Jornal do Comércio
Concursos Públicos
Site Jurídico.com
Site Jornal Digital
Site Correio da Cidadania
Site Carta Capital
Site Caros Amigos
Site Futbrasil.com
História de Serra Talhada
Site da IstoÉ
Site Veja Online
Site O Dia
Estatística do site
Casa da Cultura Serra Talhada
Busca de CEP
Trabalhos Escolares
Rádio Cultura FM
Rádio Lider do Vale FM
Rádio Vilabela FM
Rádio Serra Talhada FM
Rádio Nova Gospel
Rádio A Voz do Sertão
MARIA DEUZA ALENCAR DE SOUZA

Por: Mário Olímpio
Agradeço a minha sogra por ter me proporcionado a oportunidade de conhecer a mulher com quem me casei
A minha sogra MARIA DEUZA ALENCAR DE SOUZA nasceu no dia 29/04/1941, natural da Fazenda Favela do Município de Parnamirim no Sertão de Pernambuco, e faleceu no dia 30 de novembro de 2015, Tinha 74 anos , com uma aparência jovial , e mesmo frágil pela doença, recebia todos com a maior das alegrias, teve um enfarte e seu coração não resistiu, foi tudo muito rápido.
Agora resta-me a recordação de uma grande senhora que criou da melhor forma possível seis filhos e que não tinha quaisquer preferências entre nenhum deles. Lembro-me de todas as vezes que a visitei em sua casa, de me receber com um sorriso, boa disposição e sempre com a preocupação de saber se eu estava bem.
Preocupava-se com todos e a sua maior alegria era ver toda a família reunida.
Esta mensagem não cura a minha dor, nem para com as lágrimas que já chorei, mas de uma certa forma serve para dizer que nem todas as pessoas são iguais e que existem boas relações entre sogras e genros.
Agradeço a minha sogra por ter me proporcionado a oportunidade de conhecer a mulher com quem me casei e desta mulher ter o que há de mais importante em minha vida: nossas filhas.
Agradecendo por nos socorrer com palavras e atitudes nos momentos em que sua sabedoria se fez necessária.
Tive o privilégio de ter cruzado na minha vida com uma pessoa boa, ela era como se fosse a minha 2ª Mãe e isso é o melhor do mundo.

Mário Olímpio Cavalcante Neto
Dez/2015.


© Copyright  Mário Olímpio 2003-2014
INDEXBrasil - Serviços de Internet.
Todos os direitos reservados, permitida a cópia de
conteúdos, desde que divulgada a fonte.
e-mail:redacao@serratalhada.net